Carregando...
  • Deusa Mandala em Prata Difusor Pessoal Aromagift
  • Deusa Mandala em Prata Difusor Pessoal Aromagift
  • Deusa Mandala em Prata Difusor Pessoal Aromagift

DEUSA MANDALA EM PRATA DIFUSOR PESSOAL AROMAGIFT

Cód.: 353
Por: R$ 295,80
Deusa Mandala em Prata Difusor Pessoal Aromagift

Significado: Traz amorosidade, reverencia a Mãe Terra e a todos os elementos da natureza. Símbolo Celta que nos lembra que todos somos irmãos de todos os seres vivos.

Peso: 9,5mg de prata 950.

Tamanho: 26mm.

Com abertura para filtro de algodão para uso de aromaterapia.

MODO DE USAR: Coloque duas gotas de Óleo Essencial no filtro que acompanha a peça sem encharcar demais. Acomode o filtro dentro da mandala.

Esta peça é exclusiva de Silvanah Colo Correa Design em prata 950 com certificado de Garantia.

Deusa Mandala em Prata Difusor Pessoal Aromagift

Significado: Traz amorosidade, reverencia a Mãe Terra e a todos os elementos da natureza. Símbolo Celta que nos lembra que todos somos irmãos de todos os seres vivos.

Peso: 9,5mg de prata 950.

Tamanho: 26mm.

Com abertura para filtro de algodão para uso de aromaterapia.

Em sânscrito, Mandala significa Círculo Mágico. Formada por dois vocábulos: Man+Dala ou “essência de si mesmo” . As Mandalas são basicamente representações do Universo, mas não servem apenas de suporte para meditação nos Mosteiros do Tibet ou como instrumento de contemplação no Yoga Tântrico.

A primeira divindade cultuada pelo homem pré- histórico, o primeiro contato com o divino foi a Deusa, representação da fertilidade, tanto da mulher como da Terra. A condição feminina de fonte criadora Universal que faz da mulher uma doadora de vida se une aos rituais de fartura, fertilidade e colheita nas antigas seitas pagãs. Os símbolos do Sagrado Feminino, da Deusa, foram todos abolidos pela sociedade patriarcal que transformou o papel da mulher em auxiliar do homem, sem poderes e submetida à sua autoridade e pelo mito judaico- cristão de um Deus masculino, afastado da sua correspondência feminina, a Deusa.

Mas na década de 1960 começamos a presenciar o “Renascimento da Deusa”, o ressurgir do divino na cultura, nas artes, na ciência: a preocupação com a ecologia e o meio ambiente, as ações pela Paz, a busca das antigas religiões baseadas na natureza, os valores femininos colocados em pauta, o reconhecimento de que somos irmãos de todos os seres vivos, o respeito à Mãe Terra, a procura de terapias alternativas e naturais que equilibram e curam e a volta dos oráculos e das práticas xamânicas.

Cultuar a Deusa não significa rejeitar Deus, pois ambos são expressões da polaridade que permitiu que o UNO, o Ser Supremo se manifestasse no Universo ao se bipartir criando o Homem e a Mulher. É o Yin-yang. A sacralidade e plenitude da Mãe Terra e tudo o que ela nos dá, flora, fauna, rios, oceanos, as montanhas, o ar que respiramos, o fogo dos vulcões, as cores do arco-íris, as fontes de água mineral, o nosso corpo, é representado pela Deusa, portanto Afrodite (Grega), Isis (Egípcia), Kwan-In da China, Ishtar (Babilônica), Lilith (Judaica), Saravasti (Hindu) são todas manifestações múltiplas da Grande Mãe.

Esta mandala tem a função de auxiliar no tratamento com aromaterapia, para que através do olfato os níveis superiores do cérebro sejam atingidos, modificando d esta forma o s estados comportamentais, proporcionando bem estar tanto no físico quanto no psíquico.

MODO DE USAR: Coloque duas gotas de Óleo Essencial no filtro que acompanha a peça sem encharcar demais. Acomode o filtro dentro da mandala.

Esta peça é exclusiva de Silvanah Colo Correa Design em prata 950 com certificado de Garantia.

avaliação do produto