Carregando...
  • Hortelã Pimenta 11 ML Óleo Essencial Phytoterápica
  • HORTELÃ PIMENTA 10 ML OLEO ESSENCIAL PHYTOTERAPICA

HORTELÃ PIMENTA 10 ML OLEO ESSENCIAL PHYTOTERAPICA

Cód.: 1868
Por: R$ 37,30
Ou em até 3x de R$ 12,43 sem juros no cartão de crédito
Hortelã Pimenta 10 ML Óleo Essencial Phytoterápica

Hortelã Pimenta (Mentha Piperita)

Método de Extração: Destilação a vapor

Propriedades:
Ele é bom tanto para distúrbios causados pelo frio como pelo calor e por isso é ideal no tratamento da maioria das febres, resfriados, gripes, etc.

Sua ação sobre o sistema digestivo é muito pronunciado: é o principal remédio em todo distúrbio digestivo, inclusive a má digestão, cólica, flatulência, dor de estômago, diarreia (para qual também é um bom antisséptico).

É um remédio eficiente contra náuseas e vômitos; alivia a náusea quase que instantaneamente, sendo boa também em viagens marítimas e enjoos similares.

Pra dor de cabeça e enxaqueca relacionadas com fenômenos digestivos ou hepáticos, é um excelente remédio.

Neste sentido, também é útil para problemas da pele; alivia a congestão tóxica interna, age como sudorífero e, externamente, tem efeito antisséptico e anti-inflamatório.

Como expectorante, refrescante, antisséptico e antiespasmódico, o óleo de Hortelã-pimenta é muito útil em distúrbios respiratórios. É muito bom para tosse seca, sendo especialmente bom contra congestão, inflamação ou infecção dos seios nasais, e para dor de cabeça congestionante.

Como analgésico-emenagogo, é muito bom para dismenorréia e ainda para menstruação escassa.

Aplicada externamente, alivia o seio de leite ou congestionado, prevenindo inflamações. Internamente, desestimula o fluxo de leite para o seio.

Fortalece e entorpece os nervos, e, em grandes doses, faz dormir.

É valioso em muitos distúrbios nervosos, tais como palpitação, tremores e paralisia.

Ajuda a quebrar cálculos da vesícula, e pode ser bom também contra os cálculos renais.

Pode ser usado contra vermelhidão da pele devido à inflamação ou acne; refresca estreitando os capilares, e é um tônico bastante refrescante.

Faz um óleo de banho bem revigorante e refrescante, ajudando a aliviar o corpo no verão.

É repelente de ratos e mosquitos.
Fonte: Phytoterápica

“O uso de óleos essenciais não substitui tratamento médico ou psiquiátrico.”

Hortelã Pimenta 10 ML Óleo Essencial Phytoterápica

Hortelã Pimenta (Mentha Piperita)

Método de Extração: Destilação a vapor

Propriedades:

O óleo de hortelã-pimenta possui grande quantidade de mentol, aproximadamente 40%. Este composto tem sido usado para diferentes fins em diversos produtos, por agir contra tosse, ser analgésico tópico, ser antiespasmódico e ter um aroma refrescante.

O Hortelã-pimenta é em termos terapêuticos, um dos mais importantes óleos. 

Sua qualidade mais óbvia ao paladar ou quando aplicado sobre a pele é a ação refrescante; contudo, tem sido descrito como quente e secante. Na verdade, o efeito aquecedor do Hortelã-pimenta é a reação do corpo a um estímulo frio, e nisto se assemelha muito à cânfora. O mentol é seu principal ingrediente, e é responsável pela maior parte de sua ação terapêutica. Use sempre Hortelã-pimenta em vez de aspirina. Pra que seus efeitos analgésicos, sedativos e refrescantes predominem, devem ser usados grandes doses e/ou repetidas de óleo de Hortelã-pimenta.

Ele é bom tanto para distúrbios causados pelo frio como pelo calor e por isso é ideal no tratamento da maioria das febres, resfriados, gripes, etc.

Sua ação sobre o sistema digestivo é muito pronunciado: é o principal remédio em todo distúrbio digestivo, inclusive a má digestão, cólica, flatulência, dor de estômago, diarreia (para qual também é um bom antisséptico).

É um remédio eficiente contra náuseas e vômitos; alivia a náusea quase que instantaneamente, sendo boa também em viagens marítimas e enjoos similares.

Pra dor de cabeça e enxaqueca relacionadas com fenômenos digestivos ou hepáticos, é um excelente remédio.

Neste sentido, também é útil para problemas da pele; alivia a congestão tóxica interna, age como sudorífero e, externamente, tem efeito antisséptico e anti-inflamatório.

Como expectorante, refrescante, antisséptico e antiespasmódico, o óleo de Hortelã-pimenta é muito útil em distúrbios respiratórios. É muito bom para tosse seca, sendo especialmente bom contra congestão, inflamação ou infecção dos seios nasais, e para dor de cabeça congestionante.

Como analgésico-emenagogo, é muito bom para dismenorréia e ainda para menstruação escassa.

Aplicada externamente, alivia o seio de leite ou congestionado, prevenindo inflamações. Internamente, desestimula o fluxo de leite para o seio.

Fortalece e entorpece os nervos, e, em grandes doses, faz dormir.

É valioso em muitos distúrbios nervosos, tais como palpitação, tremores e paralisia.

Ajuda a quebrar cálculos da vesícula, e pode ser bom também contra os cálculos renais.

Pode ser usado contra vermelhidão da pele devido à inflamação ou acne; refresca estreitando os capilares, e é um tônico bastante refrescante.

Faz um óleo de banho bem revigorante e refrescante, ajudando a aliviar o corpo no verão.

É repelente de ratos e mosquitos.

Precauções

Deve ser evitado na gravidez e lactância, e em crianças menores de 2 anos. Pode irritar a mucosa ocular, por isso, evite a região dos olhos. A aspiração excessiva pode causar tontura e início de síncope.

Dicas:

Rinite, sinusite
6 a 8 gotas em 1 litro de água fervente.
Inalar por 15 minutos cobrindo a cabeça com uma toalha.
Massagear os seios da face com 1 gota em um punhado de óleo vegetal.
Evitar regiões muito próximas dos olhos.
Fonte: Phytoterápica

“O uso de óleos essenciais não substitui tratamento médico ou psiquiátrico.”

Hortelã Pimenta 10 ML Óleo Essencial Phytoterápica

Precauções

Deve ser evitado na gravidez e lactância, e em crianças menores de 2 anos. Pode irritar a mucosa ocular, por isso, evite a região dos olhos. A aspiração excessiva pode causar tontura e início de síncope.

Óleos essenciais são substâncias altamente concentradas e devem ser usados sempre diluídos.

Uso externo.

Para usá-los puros sobre a pele , somente com prescrição e acompanhamento de um médico ou terapeuta qualificado.

CUIDADO: Não tente tratar com óleos essenciais problemas de saúde que normalmente requerem cuidados médicos

avaliação do produto

Produtos Relacionados